Respeito

O que melhor define respeito? Abaixo um trecho da introdução do livro AMANDO UNS AOS OUTROS – o desafio das relações humanas – de Leo Buscaglia, autor também de VIVENDO, AMANDO E APRENDENDO. Buscaglia é professor na Universidade de Harvard, onde leciona uma matéria chamada Amor.

“Se você ama, é considerado ingênuo. Se é feliz, você é considerado frívolo e simplista. Se é generoso e altruísta, você é considerado suspeito. Se perdoa, você é considerado fraco. Se confia, você é considerado um tolo. Se tentar ser todas essas coisas, as pessoas têm certeza de que você é um impostor. Essa atitude frívola é fruto de uma sociedade descomprometida onde as pessoas, muito sofisticadas para admitir sua confusão e infelicidade, consideram as relações mais profundas uma invasão a sua individualidade. Isso tem isolado as pessoas, fazendo com que elas percam as coisas mais importantes da vida, tirando o seu próprio significado.

Apesar disso, têm sido publicados muitos livros provando que os relacionamentos amorosos são importantes, que a intimidade é necessária para se manter uma vida boa e produtiva, que um carinho ou uma boa risada podem curar, que um relacionamento positivo traz bem-estar físico, psicológico e mental.”

 

Leia mais: Jornada X – Módulo 4 Educação de Qualidade

A distorção, e até inversão, de certos valores levaram nossa sociedade a discriminar atitudes desejáveis e aceitar passivamente comportamentos altamente destrutivos para as pessoas. Como exemplo de distorção clara de valores podemos citar a humilhação. Talvez uma das maiores causas da violência seja submeter um indivíduo a qualquer tipo de humilhação. Quem não se recorda de momentos da infância onde passou por situações vexatórias que ficaram marcadas na memória? Quem não se recorda com mágoa de apelidos, repreensões feitas na frente de todos na escola, no trabalho, enfim, a humilhação é o alimento da violência. No entanto, os programas mais disseminados da televisão, não só brasileira, mas internacional são as famosas “pegadinhas”, onde as pessoas são expostas publicamente, para deleite de espectadores que nem percebem a agressão que se comete contra a integridade humana. “É tudo combinado!”, acaba sendo uma justificativa para a aceitação passiva da humilhação a que algumas pessoas são submetidas, seja ingenuamente, por um cachê ou pela possibilidade de aparecer na mídia.

Que lição estamos passando para nossos filhos? Humilhar as pessoas é engraçado?

A vida em comunidade exige respeito entre as pessoas e relacionamentos positivos todo o tempo. Às vezes, sem percebermos, usamos palavras ou expressões agressivas e não compreendemos as respostas “atravessadas” que recebemos. Tratarmos os outros como gostaríamos de ser tratados não é só uma frase de efeito: é uma necessidade da vida em comunidade. 

Para entendermos a importância dos relacionamentos positivos na nossa própria felicidade, deixo uma fábula de Buscaglia, contada no mesmo livro AMANDO UNS AOS OUTROS:

“Há uma maravilhosa fábula sobre uma garotinha que está andando pelos prados, quando vê uma borboleta espetada em um espinho. Muito cuidadosamente, ela a solta e a borboleta começa a voar para longe. Então, ela volta transformada numa linda fada. “Por sua bondade”, ela diz à garota, “vou conceder-lhe seu maior desejo.” A garotinha pensou por um momento e replicou: “Quero ser feliz.” A fada inclinou-se até ela, sussurrou algo em seu ouvido e desapareceu subitamente.

A garota crescia e ninguém na terra era mais feliz do que ela. Sempre que alguém lhe perguntava sobre o segredo de sua felicidade, ela somente sorria e dizia:

– Eu escutei uma fada boa.

Quando ela ficou bem velha, os vizinhos temeram que o seu segredo fabuloso pudesse morrer com ela.

– Diga-nos, por favor – eles imploravam – diga-nos o que a fada disse. – A agora amável velhinha simplesmente sorriu e disse:

– Ela me disse que todas as pessoas, por mais seguras que pudessem parecer, precisavam de mim!

Nós todos precisamos uns dos outros.”

Vamos sempre abrir espaços para discussão de como melhorarmos nossos relacionamentos, torná-los mais e mais positivos, através de idéias que fortaleçam a disseminação dos valores maiores que sustentam uma sociedade equilibrada e justa. Dê suas idéias de como elevar a forma de relacionamento entre as pessoas no dia a dia. Escreva a sua sugestão.

Instagram: Jornada X Desafio 10×10 

Livelab