Formação X de Game Masters

Uma nova narrativa para uma nova escola

 

A LiveLab, junto com sua rede de parceiros, está desenvolvendo uma narrativa que pretende ser capaz de trazer para a mesa de discussões a educação pós pandemia, com soluções pedagógicas inovadoras, já previstas na nova BNCC, principalmente as metodologias ativas, a fim de aumentar sua capilaridade e aplicabilidade na prática pedagógica das secretarias de educação do país. E tudo isso através de um processo lúdico, principal espaço de aprendizado da infância e da adolescência e refúgio da criatividade dos adultos. Vivenciada pelo brincar, a realidade se torna mais visível, desprovida dos filtros impostos por paradigmas adquiridos que embaçam nosso olhar.

Por esse motivo o Programa X para Formação de Game Masters começa com a vivência de um jogo que propõe uma aventura épica, com desafios a serem experienciados no mundo real. O resgate da criança curiosa, aventureira, ousada, desinibida, sem medos, que ainda existe em cada adulto, só pode ser revivido pelo espaço potencial aberto pelo brincar. Nesse espaço tudo é possível! É o espaço da criatividade, onde moram, por exemplo, as deusas das Artes. 

A preparação dessa narrativa sobre o renascimento da e na escola deve começar agora, preparando mestres, aprendizes, mães e pais para uma forma integrada de aprendizagem que, associada ao ensino tradicional, elevará o patamar formativo das novas gerações.

O programa pretende abordar:

  1.  Experiências exitosas de aprendizagem onde a vivência e o brincar tiveram uma participação fundamental
  2. Um novo jeito de estar na escola: acolher a comunidade escolar e a comunidade do entorno da escola, buscando o acolhimento e a transformação pelas artes, cultura local e esportes.
  3.  Eletivas, Tecnologias e Projeto de Vida
  • Essas disciplinas são campo fértil para estabelecermos concepções e práticas pedagógicas mais condizentes com as gerações do século XXI;
  • Engajar os aprendizes em processos contínuos de reflexão e construção do seu projeto de vida, fortalecendo sua capacidade de aspirar, planejar e alcançar objetivos presentes e futuros, incluindo a continuidade dos seus estudos;
  • Propiciar experiências educativas que tenham sentido, atratividade e relevância para adolescentes e jovens do século XXI, de forma a ampliar o engajamento, a aprendizagem e o desenvolvimento de competências socioemocionais, além de reduzir o abandono e a evasão escolar.

LEIA TAMBÉM: UMA REEDUCAÇÃO SOCIOEMOCIONAL URGENTE



Um programa que inspire transformação

A magia de um programa que inspire transformação deve ser multifatorial e multidimensional. A superação das expectativas é um fator primordial, mas, como superar as expectativas dos participantes? Como pessoas que passaram por tantos cursos e programas, dentro e fora do Brasil, podem sentir-se “balançadas”?

Estrutura, temas, didática, tipo de facilitação, sequência de atividades, palestrantes convidados, o que pode mexer profundamente com as premem suas crenças e premissas, num curto espaço de tempo?

Talvez a magia nasça já na provocação feita pela vivência do jogo e pelas reflexões sobre temas significativos experienciados entre os aprendizes e na relação deles com os professores. Incitar o questionamento das crenças e convicções adormecidas dentro de cada um traz uma inquietação e uma perda temporária dos referenciais que, se num primeiro momento provoca medo e incerteza, no instante seguinte desperta a curiosidade humana e alavanca a busca do novo.

É necessária uma navegação suave do concreto para o sutil, balançando as fundações do edifício das verdades absolutas, abrindo espaços para semear um novo pomar de conhecimentos. Para isso, a apresentação de novos referenciais teóricos e práticos através da linguagem do brincar, das artes e das emoções é o fundamento de toda memória humana e tem um papel decisivo no sucesso de um projeto que vise transformação. A possibilidade de revisitar problemas aparentemente insolúveis que, vistos por outros ângulos, abrem-se para horizontes de soluções jamais pensadas. É também imperiosa uma medida equilibrada entre filosofia e pragmatismo que incite um refletir aprofundado das relações das pessoas consigo mesmas e com o mundo exterior.

Enfim, talvez uma mistura refinada de todos esses fatores, combinada a um elevado grau de consciência na sua concepção, possa explicar a magia transcendente de um programa que inspire transformação. 

Por certo, a consciência é a bússola que orienta qualquer profissional que busca a excelência e que, aliada à serenidade e à presença, interligam o educador – aqui chamado “Game Master” – com algo maior que transparece para a plateia através de um sentimento inexplicável, mas absolutamente verdadeiro.

A intenção de provocar as pessoas para uma transformação, não só do modelo mental, mas de seu nível de consciência, ganha aspectos de início de jornada, que pode ser continuada pela leitura e, principalmente, pelo exercício efetivo dos princípios e valores sobre os quais as reflexões serão focadas.

A presença de um “Game Master” mantendo as linhas mestras de um grupo e incentivando reflexões e abstrações dos diferentes temas, nas suas diversas formas de apresentação, permite um mergulho do aprendiz nos diálogos, expondo seus pontos de vista de uma maneira quase inconsciente, onde o seu “mundo sentido” surge nas frestas do seu “mundo vivido” no dia a dia. Contornar as grades do lógico-racional exige um envolvimento verdadeiro do participante, que necessita sentir-se seguro no ambiente em que vai expor suas crenças e dúvidas racionais, intuitivas e existenciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.